a a a
>> voltar
 
 

EDIÇÕES SESC SP LANÇAM OBRA SOBRE VIDA E CULTURA

EDIÇÕES SESC SP LANÇAM OBRA SOBRE VIDA E CULTURA

DA COMUNIDADE INDÍGENA NO BRASIL







Lançamento do livro será no dia 20 de maio, às 19h30, na unidade do SESC Pinheiros, durante a programação que integra Seminário Identidade e Diversidade Cultural para uma Cultura da Convivência do Diverso, que acontece de 19 a 21 de maio, no Sesc Pinheiros



O livro Tradição e Resistência: Encontro de povos indígenas (Edições SESC SP) apresenta populações indígenas sob os aspectos da arte, condições de vida e sabedoria tradicional desse povo, enfatizando a resistência de sua cultura na atualidade. A obra, acompanhada por um DVD, reúne depoimentos de lideranças e especialistas que atuam nas aldeias do País e um mapa das terras indígenas no Brasil. Será lançada pelas Edições SESC SP - publicações que abrangem as áreas de cultura, artes, esportes, ciências sociais, educação e filosofia, entre outros, e que são fruto do desdobramento de ações desenvolvidas pelo SESC SP. O lançamento do livro será no dia 20 de maio, às 19h30, na unidade do SESC Pinheiros, durante a programação que integra Seminário Identidade e Diversidade Cultural para uma Cultura da Convivência do Diverso, que acontece de 19 a 21 de maio, no Sesc Pinheiros (ver programação completa do evento em arquivo anexado).



O projeto do livro, organizado por Cristina Flória e Ricardo Muniz Fernandes, surgiu do Fórum Cultural Mundial 2004, a partir de um encontro - promovido pelo SESC SP - entre lideranças indígenas de diferentes etnias e profissionais que desenvolvem trabalhos nessas comunidades. O debate teve com meta o diálogo e a troca de experiências no âmbito de projetos culturais, educacionais, ambientais e de proteção ao território. Para atualizar e ampliar essas informações, Tradição e Resistência: Encontro de povos indígenas traz novos dados de como os povos indígenas estão atuando para garantir às futuras gerações a transmissão de seu patrimônio cultural.



O lançamento do livro “Tradição e Resistência” terá uma mesa redonda com uma conversa com os autores Ulysses Fernandes - biólogo e indigenista, pesquisador e mediador no filme Kwarìp - Mito e Rito no Xingu; Marina Herrero - técnica da Gerência de Programas Sócio-Educativos do SESC SP, professora de dança, coreógrafa, indigenista e roteirista do filme Kwarìp - Mito e Rito no Xingu Cristina Flória, socióloga, cineasta, desenvolve projetos culturais com as comunidades Xavante da Terra Indígena Pimentel Barbosa, Mato Grosso, há 17 anos. É organizadora do livro “Tradição e Resistência”; Ricardo Muniz Fernandes, sociólogo, produtor cultural e organizador do livro “Tradição e Resistência”; Severiá Idiorié, educadora indígena, leciona na escola da aldeia “Wederã” localizada na Terra Indígena Pimentel Barbosa, em Canarana, Estado do Mato Grosso. A coordenação é Milton Soares Souza, sociólogo e gerente do SESC.



A publicação traz um material complementar em DVD com depoimentos, entrevistas e demonstrações da confecção de artesanatos, cerâmica, cestaria, tecelagem e pintura corporal, além de rituais de três diferentes etnias – os Guarani, os Kayapó e os Wauja. Já o Mapa das Terras Indígenas no Brasil, encartado no livro, mostra a situação fundiária. As imagens revelam o processo de criação e confecção artístico, e os movimentos sagrados dos ritos, fundamentais na manutenção das tradições dos povos indígenas.





Sobre Edições SESC SP

As publicações das Edições SESC SP são pensadas e construídas em um longo processo de maturação e discussão, justamente por estarem envolvidas em projetos de largo alcance. Destacam-se aí as parcerias com outras instituições, tais como o governo, editoras e ONGs, ampliando os laços entre suas ações e a comunidade. Muitos desses trabalhos articulam-se em diversas mídias, para atender aos anseios de um público interessado em informações plurais que podem vir de diferentes recursos multimídia, integrando texto, áudio e vídeo. Seu projeto gráfico, muitas vezes arrojado e experimental, constitui-se também em um campo para a criação. Com o intuito de expandir seu campo de ação, atendendo a um público cada vez maior, o SESC SP programou o lançamento de cerca de 30 novos títulos para o ano de 2009, complementando o catálogo construído nos últimos anos e firmando-se cada vez mais como uma importante referência em publicações culturais no país. www.sescsp.org.br/loja



Serviço:

Tradição e Resistência: Encontro de povos indígenas -

Organizadores: Cristina Floria e Ricardo Muniz Fernandes

Editora: Edições SESC SP (Edição Bilíngue)

Preço: R$ 80,00 (20% desc. no dia do lançamento)

Número de páginas: 328 páginas

Formato: 22 x 24,5 cm

Distribuição: em todas as unidades SESC SP (capital e interior)

Vendas também pelo portal www.sescsp.org.br/loja

Informações para imprensa: Edições SESC SP



Lítera – Construindo Diálogos / www.litera.com.br

Unidade Relacionamento com Imprensa

Maria Luiza Paiva: luiza@litera.com.br

Telefone: 55 11 3673 7270

MAIO/2009



Lançamento

DURANTE O EVENTO IDENTIDADE E DIVERSIDADE CULTURAL - PARA UMA CULTURA DA CONVIVÊNCIA DO

DIVERSO

Data: DIA 20 de maio, quarta-feira, 19h30

Informações: (11) 3095-9448, de terça a sexta 10h às 19h; sábados, domingos e

feriados das 10h às 18h30.





Sobre o SEMINÁRIO IDENTIDADE E DIVERSIDADE CULTURAL PARA UMA CULTURA DA CONVIVÊNCIA DO DIVERSO (19 A 21 DE MAIO NO SESC PINHEIROS)



O evento conta com a conferência de Gilberto Gil e Eduardo Viveiros de Castro, além de relatos de experiências , exibição do filme “Kwaríp- Mito e Rito no Xingu” , lançamento do livro “Tradição e Resistência” , as apresentações artísticas do Teatro Popular Solano Trindade e do grupo Samba de Rainha O SESC SP promove de 19 a 21 de maio o Seminário Identidade e Diversidade Cultural ­ para uma cultura da convivência do diverso. A abertura do evento acontece no Teatro Paulo Autran ­ SESC Pinheiros , às 20h com a presença de Danilo Santos de Miranda, Diretor Regional do SESC SP e Gilberto Gil, Ex-Ministro da Cultura como conferencista convidado. O seminário propõe discutir e refletir sobre a diversidade e a construção das identidades sociais levantando questões de reconhecimento e respeito das diferenças culturais, de gênero e étnicas na promoção de políticas para a cultura de paz. Questões colocadas em discussão pelos representantes dos indígenas, latino-americanos, quilombolas, migrantes, refugiados, ciganos, LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e transgêneros) somam-se aos conhecimentos dos profissionais das áreas da Cultura, Ciência e Educação, com o objetivo de ampliar a discussão sobre o tema e o papel da cultura como instrumento de definição de políticas de inclusão social, de promoção do respeito e de uma cultura de paz.



INFORMAÇÕES À IMPRENSA

Assessoria de Imprensa do SESC

Pinheiros: Telefone: (11) 3095-9421 | 3095.9425 ­ Andréia Lima | Francisco

Santinho| Natália Fernandes imprensa@pinheiros.sescsp.org.br









Maria Luiza Paiva
(55 11) 3673 7270
www.litera.com.br
Rua Tanabi, 287 casa 2
Perdizes São Paulo - SP
05002-020