a a a
>> voltar
 
 

‘MUTAÇÕES – ENSAIOS SOBRE AS NOVAS CONFIGURAÇÕES DO MUND0’, DAS EDIÇÕES SESC SP E DA EDITORA AGIR, COLOCA EM EVIDÊNCIA REFLEXÕES DE DIVERSOS AUTORES SOBRE OS ATUAIS ‘MOMENTOS DE INCERTEZA’


Com lançamento marcado para o dia 3 de setembro, no SESC Av. Paulista, em São Paulo, o livro Mutações – Ensaios sobre as novas configurações do mundo, organizado por Adauto Novaes, registra a última parte da trilogia de conferências intitulada Cultura e Pensamento em Tempos de Incerteza.


As Edições SESC SP - publicações que abrangem as áreas de cultura, artes, esportes, ciências sociais, educação e filosofia -, lançam, em parceria com Editora Agir, no dia 3 de setembro, em São Paulo, o livro Mutações: Ensaios sobre as novas configurações do mundo, com organização de Adauto Novaes. O livro é fruto do seminário Mutações – Novas Configurações do Mundo, última parte da trilogia de conferências intitulada Cultura e Pensamento em Tempos de Incerteza, iniciada com o seminário O Silêncio dos Intelectuais (2005) e que teve como segunda parte O Esquecimento da Política (2006).

Como o seminário, o livro procura discutir o conceito de mutação na biologia, na física, nas artes, na política. Seus ensaios refletem sobre a velocidade das mutações hoje, o que ocasiona deslocamentos ainda indefinidos nos campos da filosofia e da antropologia, registrando um momento de incerteza, em que não é possível reconhecer claramente se vivemos a continuidade ou a descontinuidade entre passado e presente.

Com a participação de Francisco de Oliveira, Laymert Garcia dos Santos, Franklin Leopoldo e Silva, Sérgio Paulo Rouanet, Olgária Matos, Maria Rita Kehl, Renato Lessa e Oswaldo Giacóia Júnior, entre outros, Mutações coloca em discussão as transformações tecnocientíficas, as novas propostas de vida que a tecnologia vem apresentando e a derrocada de sólidos paradigmas, como a moral, a ética, os ideais, a política. Sobre os desafios enfrentados pelos autores dos ensaios sobre as mutações, Adauto Novaes destaca: “existem momentos em que as agitações do espírito levam a caminhos que não existem ainda. É nesses momentos que as interrogações têm mais sentido que respostas apressadas. A tarefa torna-se mais difícil ainda quando se sabe que o pensamento hoje vem a reboque dos acontecimentos.”


Os textos da publicação foram originalmente produzidos para o ciclo de conferências Mutações – novas configurações do mundo. Concebido pelo Centro de Estudos Artepensamento, em 2007. O ciclo aconteceu no Rio de Janeiro, em Belo Horizonte, São Paulo, Curitiba, Salvador e Recife com o patrocínio da Petrobrás e apoios da Fiat, Casa Fiat de Cultura, Caixa Econômica Federal, SESC São Paulo, SESC da Esquina no Paraná e Embaixada da França. O seminário foi reconhecido como Extensão Universitária pelo Fórum de Ciência e Cultura da Universidade Federal do Rio de Janeiro, pela Universidade Federal da Bahia e pela Unicuritiba.

Sobre ‘mutações’, destaca Adauto Novaes, em Herança sem Testamento?, primeiro texto do livro: “Mutações são passagens de um estado de coisas a outro — passagens muitas vezes indefinidas do ponto de vista conceitual —, que nos deixam à deriva, quando as trilhas são pouco visíveis ou pouco confiáveis, em particular se elas foram abertas, como acontece hoje, não propriamente pelo trabalho do pensamento, mas pela técnica, o que marca, pelo menos até agora, certa resignação do saber diante do poder da ciência. Isso não quer dizer que, antes, tínhamos muita certeza de onde estávamos e para aonde íamos. É preciso construir, pois, novo itinerário, uma vez que já não temos nenhuma garantia de retorno aos velhos roteiros e uma vez que o positivismo da técnica só nos pode indicar caminhos falsos.”

Vale destacar outro trecho do texto, que referencia o conceito de mutação: “Estas novas configurações do mundo convidam-nos, de início, a esquecer a noção de crise. Pensemos, pois, na idéia de mutação. Lemos em vários autores que toda crise é excesso, expressão da potência de transformação do pensamento, de idéias muitas vezes secretas, racionais, materialistas, algumas aparentemente absurdas, outras místicas, das quais nem sempre é fácil se desfazer porque, como observa o poeta Paul Valéry, só encontramos nelas aquilo que já trazemos em nós. As crises são, portanto, constituídas de múltiplas concepções que se rivalizam e que dão vigor dialógico às sociedades, excitam o sensível e o inteligível”.

Sobre Adauto Novaes

Adauto Novaes: é jornalista e professor. Estudou filosofia no Colégio de Altos Estudos e jornalismo no Instituto Francês de Imprensa (Sorbonne), ambos em Paris. Foi diretor, por 20 anos, do Centro de Estudos e Pesquisas da Fundação Nacional de Arte (Ministério da Cultura). Em 2000, fundou a Artepensamento, empresa de produção cultural. Entre os dezoito livros publicados que organizou e também participou como ensaísta, destacam-se: Tempo e História (Prêmio Jabuti); A Crise do Estado-nação; O Homem Máquina; Muito Além do Espetáculo e O Silêncio dos Intelectuais. Foi indicado duas vezes para o Prêmio Estadão de Cultura, nomeado Chevalier des Arts et Lettres pelo Ministério da Cultura da França (2004) e ganhador do prêmio Faz Diferença, promovido pelo jornal O Globo.

Serviço

Livro

Título: Mutações: Ensaios sobre as novas configurações do mundo, com organização de Adauto Novaes (Edições SESC SP / Editora Agir)
Formato: 15,5 x 23 cm
Páginas: aproximadamente 464 páginas
Preço sugerido de capa: R$ 59,90
Distribuição: em todas as unidades SESC SP (capital e interior)
Vendas também pelo portal www.sescsp.org.br/loja


Lançamentos

Rio de Janeiro

1º de Setembro – a partir das 18h
Academia Brasileira de Letras
Av. Presidente Wilson, 203 – Centro – RJ
* O evento terá apresentação do conjunto de música medieval Atempo, às 18h15, e abertura do ciclo Mutações – A Condição Humana, com conferência de Francis Wolff, às 19h.

Belo Horizonte

2 de Setembro
Data: 2 de setembro
Horário: 19:00h
Local: Casa Fiat de Cultura
Endereço: Rua Joaquim Djalma Andrade, 1250
Rua Jornalista Djalma Andrade, 1250 – Belvedere – Belo Horizonte-MG

São Paulo

3 de Setembro
SESC – SP
Av. Paulista, 119 – Paraíso – SP
* Às 19h30, abertura do ciclo Mutações – A Condição Humana, com conferência de Francis Wolff.


Sobre Edições SESC SP
As publicações das Edições SESC SP são pensadas e construídas em um longo processo de maturação e discussão com as ações do SESC São Paulo, justamente por estarem envolvidas em projetos de largo alcance. Destacam-se aí as parcerias com outras instituições, tais como o governo, editoras e ONGs, ampliando os laços entre suas ações e a comunidade. Muitos desses trabalhos articulam-se em diversas mídias, para atender aos anseios de um público interessado em informações plurais que podem vir de diferentes recursos multimídia, integrando texto, áudio e vídeo. Seu projeto gráfico, muitas vezes arrojado e experimental, constitui-se também em um campo para a criação. Com o intuito de expandir seu campo de atuação, atendendo a um público cada vez maior, o SESC SP programou o lançamento de cerca de 20 novos títulos para o ano de 2008, complementando o catálogo construído nos últimos anos e firmando-se cada vez mais como uma importante referência em publicações culturais no país. Vendas também pelo portal www.sescsp.org.br/loja

Informações para imprensa: Edições SESC SP

Lítera – Construindo Diálogos / www.litera.com.br
Unidade Relacionamento com Imprensa
Maria Luiza Paiva: luiza@litera.com.br
Atendimento: Malu Castelo Branco / malu@litera.com.br
Telefone: 55 11 3673 7270
Agosto/2008


Informações para Imprensa: Editora Agir
Marlene Martelotte
Marlene Martelotte
Assessoria de Imprensa
Ediouro Publicações
marlenemartelotte@ediouro.com.br
Tels.: (21) 3882-8439 / 8462 / 8291