a a a
>> voltar
 
 

ABERTURA DA EXPOSIÇÃO MAURICIO 50 ANOS RELEMBRA A CARREIRA DO CRIADOR DA TURMA DA MÔNICA SERÁ ABERTA AO PÚBLICO NO DIA 19 DE JULHO - MUBE

CONVITE À IMPRENSA

(CREDENCIAMENTO PARA EVENTO FECHADO – DIA 18 DE JULHO)

ABERTURA DA EXPOSIÇÃO MAURICIO 50 ANOS RELEMBRA A CARREIRA DO CRIADOR DA TURMA DA MÔNICA SERÁ ABERTA AO PÚBLICO NO DIA 19 DE JULHO

Haverá uma série de comemorações pelo cinquentenário de carreira de Mauricio de Sousa, começando no 19 de julho, com a abertura de uma exposição Mauricio 50 Anos no MuBE, em São Paulo, e se estendendo até 18 de agosto.

DIA 18 DE JULHO, haverá evento fechado para convidados e imprensa. Na ocasião, o Ministro Juca Ferreira estará no sábado fazendo o convite oficial à personagem Mônica para ocupar o cargo de embaixadora da Cultura do Brasil. Credenciamentos para a abertura. no DIA 18 podem ser realizados pelo email litera@litera.com.br ou renata@litera.com.br



Foi no dia 18 de julho de 1959 que o então repórter policial da Folha da Manhã (atual Folha de S.Paulo) publicou sua primeira tira de quadrinhos. Uma história vertical, sem texto e estrelada pelos personagens que logo depois viriam a ser batizados como Bidu e Franjinha.

Nesses 50 anos, o Brasil perdeu um jornalista e ganhou um mestre das histórias em quadrinhos. Para alegria de pelo menos três gerações de leitores, que cresceram se encantando com as histórias de Mauricio de Sousa, inicialmente nos jornais e depois nas revistas, teatros, desenhos animados, parques temáticos etc.

Para comemorar o cinquentenário de carreira do pai da Turma da Mônica, a exposição Mauricio 50 anos, que acontecerá no MuBE, em São Paulo, relembrará a trajetória de sucesso do autor, desde as primeiras tiras de jornal até ele se tornar um dos autores de quadrinhos mais respeitados do mundo.

Prova disso são os vários prêmios internacionais conquistados por Mauricio, com destaque especial para o Yellow Kid, considerado como o Oscar das histórias em quadrinhos – que poderá ser visto na mostra comemorativa.

A exposição é dividida em duas partes. A primeira é uma verdadeira viagem no tempo, partindo do começo simples no escritório de Mauricio na rua Barão de Limeira e mostrando, década a década, a evolução de seus personagens, dos seus traços e da sua empresa.

Os fãs poderão conferir inclusive a primeira tira de Bidu e Franjinha, que originou esta carreira de sucesso.

Será possível ainda acompanhar a consagração do primeiro gibi da Mônica, em 1970, a explosão dos desenhos animados da Turminha nos anos de 1980, a expansão comercial na década de 1990 e os novos projetos dos anos 2000, como a consagrada Turma da Mônica Jovem, o maior sucesso do mercado de quadrinhos do Brasil nas últimas três décadas.

A segunda parte da mostra é focada no lado artista de Mauricio de Sousa. Estará exposta a coleção de quadros e esculturas em que ele homenageia grandes mestres das artes. São releituras de Leonardo da Vinci, Rodin, Michelangelo, Degas, Cézanne, Caravaggio, além de algumas surpresas clássicas gregas e egípcias que o público poderá conferir de perto, dentro e fora da galeria.

Atualmente, as revistas da Turma da Mônica representam mais de 80% do mercado editorial de quadrinhos brasileiro. E esse êxito se repete nas outras áreas de atuação da Mauricio de Sousa Produções, como livros, produtos licenciados, desenhos animados, teatro, parques, projetos especiais, gibis institucionais, exposições e outras mídias.

Mais do que uma homenagem ao criador da Turma da Mônica, a exposição Mauricio 50 Anos resgata, e apresenta para as novas gerações, a história de sucesso de um ícone da cultura popular deste País.


FICHA TÉCNICA

Pesquisa e roteiro
Mauricio de Sousa
Flávio Teixeira de Jesus

Arte e Finalização: Estúdios Mauricio de Sousa

Quadrões
Desenhos: Mauricio de Sousa e Emy T. Yamauchi e
Pinturas: Mauricio de Sousa
Assistente de pintura: Amélia Massako Mihara

Esculturas
Desenhos: Mauricio de Sousa, Roberto Martins Pereira e José Márcio Nicolosi
Esculturas: Olyntho Tahara
Supervisão: Alice K. Takeda e
Mauricio de Sousa

Organização e Curadoria: Jacqueline Mouradian

Supervisão Geral: Mauricio de Sousa

MuBE – Museu Brasileiro da Escultura
Av. Europa, 218 – Jardim Europa
19 de julho a 18 de agosto
De terça a domingo das 10h às 19h
Visitas monitoradas: 11 2594-2601
Entrada gratuita


COMEMORAÇÕES COMEÇAM COM EXPOSIÇÃO E DOCUMENTÁRIO

Haverá uma série de comemorações pelo cinquentenário de carreira de Mauricio de Sousa, começando no 18 de julho, com a abertura de uma exposição Mauricio 50 Anos no MuBE, em São Paulo, e se estendendo até 18 de agosto.

Confira algumas das novidades previstas para essa celebração ao autor:

• Um documentário sobre Mauricio de Sousa no canal Biography, que será exibido no dia 18 de julho para toda a América Latina.

• O livro MSP 50 – Mauricio de Sousa por 50 Artistas Brasileiros, no qual 50 profissionais do traço homenagearão o criador da Turma da Mônica fazendo, no seu próprio estilo, histórias com personagens criados por Mauricio. Previsão de lançamento: setembro, na Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro.

• O livro Bidu 50 Anos, para relembrar os 50 anos do Bidu, o primeiro personagem de Mauricio de Sousa, que hoje aparece, inclusive, no logotipo da empresa do autor. A edição apresentará uma coletânea de histórias do simpático cãozinho em diferentes épocas. E ainda trará uma edição facsimile de Bidu 1, a raríssima primeira revista solo de Mauricio, publicada em 1960 pela Editora Continental. Previsão de lançamento: setembro, na Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro.

• O site Máquina de Quadrinhos, no qual crianças de todas as idades poderão criar suas próprias histórias da Turma da Mônica utilizando bancos de imagens com personagens, cenários, objetos e balões. Trata-se de uma iniciativa inovadora e permitirá, inclusive, que as melhores histórias tenham chance de ser publicadas nas revistas da Turma da Mônica. Previsão de lançamento: agosto de 2009.

• Um livro – ainda não batizado – contando a trajetória artística de Mauricio de Sousa, década a década. A obra apresentará as informações contidas na exposição do MuBE de forma mais completa, além de outras inéditas. Previsão de lançamento: dezembro de 2009.

• O CD Maurício, 50 anos de música. Ao completar 50 anos de carreira, Mauricio de Sousa pode garantir: é o som da alegria. São mais de mil músicas para shows, desenhos animados, campanhas e programas especiais dos personagens mais amados do Brasil. Um trabalho realizado com muita harmonia entre compositores e músicos, orquestrado pelo departamento de som da Mauricio de Sousa Produções e dirigido por Marcio Araújo.












MAURICIO DE SOUSA: 50 ANOS DE SUCESSO

Esse sucesso pode ser traduzido em alguns números e marcas que demonstram o quanto o principal nome do quadrinho brasileiro conquistou nesses 50 anos de trabalho.

• Mais de um bilhão de revistas publicadas
• Mais de 200 personagens criados
• Mais de mil músicas criadas para a Turminha
• Mais de 3 mil itens de produtos licenciados
• Personagens publicados em 50 idiomas em 126 países
• O maior produtor de animação para cinema do Brasil
• O maior estúdio de quadrinhos do Brasil
• A revista de quadrinhos mais vendida no Brasil

Só com as páginas de quadrinhos das revistas publicadas desde 1970, quando saiu o primeiro número de Mônica, pela Editora Abril, daria para cobrir toda a costa marítima do Brasil, com mais de 5 mil quilômetros de extensão.

Imagine, então, se fossem enfileiradas as tiras, que são publicadas desde 18 de julho de 1959, quando Bidu e Franjinha entraram pela primeira vez nas páginas da Folha da Manhã.

Mauricio de Sousa iniciou sua carreira como ilustrador na região de Mogi das Cruzes, próximo de Santa Isabel, onde nasceu. Aos 19 anos, mudou-se para São Paulo e, durante cinco anos, trabalhou no Jornal Folha da Manhã (atual Folha de S.Paulo) escrevendo reportagens policiais. Em 1959, criou seu primeiro personagem, o cãozinho Bidu. A partir daí vieram, Cebolinha, Cascão, Mônica e tantos outros. Em 1970, lançou a revista Mônica, com tiragem de 200 mil exemplares. Depois de passar pela Editora Abril e Editora Globo, assinou contrato com a multinacional italiana Panini, que publica suas revistas desde 2007.

O autor já alcançou o extraordinário número de 1 bilhão de revistas publicadas. Mais de 100 empresas nacionais e internacionais são licenciadas para produzir quase 3 mil itens com os personagens de Mauricio de Sousa, suas criações já chegaram a mais de 120 países, em 50 idiomas. Em 2005, lançou o personagem Ronaldinho Gaúcho que em menos de um ano ganhou publicações em mais de 20 países e centenas de produtos infantis lançados na Europa.

Em 2007, num feito inédito, o UNICEF – Fundo das Nações Unidas para Criança e Adolescência – nomeou como embaixadora a personagem Mônica, criação de Mauricio inspirada em sua segunda filha. Nesta ocasião, Mauricio de Sousa foi nomeado Escritor para Crianças do UNICEF. Suas mais recentes criações são Tikara e Keika, personagens especialmente criados para as comemorações do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil, em 2008, que já fazem parte das histórias da Turma da Mônica.

E a revista Turma da Mônica Jovem, lançada em 2008, é considerada o maior sucesso na área de quadrinhos dos últimos 30 anos – só as quatro primeiras edições venderam, juntas, mais de 1,5 milhão de exemplares.

Em 2009, Mauricio de Sousa completa 50 anos de carreira.

Para mais informações sobre A Turma da Mônica, visite: http://www.monica.com.br






Principais prêmios, títulos e homenagens

• Prêmio Gran Guinigi, pela revista Mônica, no Congresso Internacional de Lucca, Itália, 1971.

• Troféu Yellow Kid, o “Oscar dos Quadrinhos Mundiais”, no Congresso Internacional de histórias em quadrinhos de Lucca, Itália, 1971.

• Diploma do Ministério da Aeronáutica Membro Honorário da Força Aérea Brasileira, 1991.

• Honrado pelo presidente da República com a medalha dos Direitos Humanos, Brasília, 1998.

• Prêmio de Literatura Infantil da Academia Brasileira de Letras pelo livro A Turma da Mônica, 1999.

• Prêmio Destaque de Comércio Exterior (outorgado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil, como reconhecimento e incentivo ao segmento exportador), Rio de Janeiro, 2002.

• Medalha e certificado de Campeão de Saúde das Américas da PAHO (Organização Pan-Americana da Saúde), pela valiosa contribuição para as campanhas de promoção da saúde e para a melhoria da qualidade de vida das populações das Américas, Washington, 2002.

• Certificado do ISO – Instituto Solidariedade –, como reconhecimento da Empresa Solidária Mauricio de Sousa Produções pela contribuição junto às organizações comunitárias não-governamentais, São Paulo, 2002.

• Título de Doutor Honoris Causa da Universidade La Roche, de Pittsburgh, pelos serviços prestados ao público infantil, 2001.

• Audiência com Sua Santidade Papa João Paulo II, no Vaticano e Medalha do Vaticano confirmando a sua nomeação como Membro do Conselho Administrativo do Centro Cultural Papa João Paulo II em Washington, DC, 2004.

• Homenagem da Escola de Samba Unidos do Peruche, no carnaval de São Paulo, com o enredo Com Mauricio de Sousa, a Peruche abre alas, abre livros, abre mentes e faz sonhar, 2007.

• Em maio de 2008, Mauricio de Sousa foi condecorado com a Medalha de Vermeil, honraria conferida anualmente pela Academia de Arte, Ciência e Letras da França, entidade criada em 1915 para defender, estimular e promover a arte, cultura, francofonia (adoção do idioma francês) e os criadores e talentos destacados nessas áreas.

• Também em maio de 2008, Mauricio de Sousa é indicado, numa pesquisa realizada pelo Ibope para o Instituto Pró-Livro, como um dos dez escritores mais admirados do Brasil.